“Esqueça as fronteiras: amar nunca foi um país.“
Eu me chamo Antônio.  (via incinerado)




(c)